Daniela Lassance


Ergonomia e Qualidade de Vida no Trabalho.

Por Daniela Lassance.

Você já ouviu falar em Ergonomia?
A origem da palavra ergonomia vem do grego “ERGON”, que significa trabalho e “NOMUS”, que significa regras, normas e leis. Quando falamos de Ergonomia temos que ter em mente três palavras: conforto, segurança e eficácia.

Este conceito está sendo cada vez mais utilizado na mídia, no desenvolvimento de novos produtos - Ergonomia do Design - como cadeiras ergonômicas, carros, mobiliário, ferramentas etc.

Como podemos identificar um produto Ergonômico? Primeiro tente usá-lo. Em seguida pense em todas as maneiras e circunstâncias nas quais você poderia utilizá-lo. Algumas dicas da Sociedade de Ergonomia são interessantes. Pergunte: o produto é ajustável ao seu tamanho ou poderia ser melhor? É confortável para ser utilizado por um longo período ou apenas no início? É fácil limpá-lo e fazer manutenção? As instruções são claras?

Hoje em dia, vivemos na era da informação e o nosso dia a dia está cada vez mais atrelado à tecnologia - internet, celulares, notebooks, Ipads – o que reflete diretamente na qualidade de vida, seja ela no trabalho ou em atividades da rotina diária. De acordo com a Abinee (Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica) a venda de computadores portáteis como notebooks e netbooks se mantêm em ascensão rápida, ultrapassando a venda de desktops, chegando a um aumento de 183% em comparação aos anos de 2009 e 2010. Diante disso, o que podemos fazer para manter ou melhorar nossa qualidade de vida?

É importante o uso adequado de acessórios como, por exemplo, suporte para notebook, melhorando assim a postura da coluna cervical. Além da conscientização da imagem corporal, para que possamos adotar posturas adequadas tanto no ambiente de trabalho como nas atividades domésticas e de lazer, tais como: passar e lavar roupas, lavar louças, assistir televisão, ler livros, navegar na internet.

Coloque em prática
Ao utilizar o notebook, seja em casa ou no trabalho, devemos adotar uma postura que permita o apoio dos braços na superfície da mesa, isso faz com que ocorra um relaxamento da musculatura da região do pescoço e ombros. Acessórios como o suporte para o notebook, teclado externo e mouse externo melhoram a visualização da tela do computador e fazem com que a coluna cervical fique em uma posição neutra, promovendo um relaxamento da musculatura cervical e dos ombros. Já sem o suporte, adotamos uma postura inadequada devido a uma flexão exagerada da região cervical (pescoço), diminuindo os espaços entre os discos da coluna, provocando uma tensão nos músculos do pescoço e ombros, podendo gerar no final de um dia de trabalho dores ou sensação de “peso nas costas”.

Portanto, a Ergonomia aplicada de forma correta é uma ferramenta que possibilita várias mudanças no sistema, de forma a propiciar um melhor conforto, segurança e eficácia no desempenho de nossas atividades do trabalho, como o uso correto do notebook, além de tarefas simples do cotidiano.

Daniela Lassance é Fisioterapeuta e Ergonomista.

Faça o download do artigo em formato PDF - [ 316kb ]


Outras opções: